De muziek maakt een integraal deel van de capoeira uit. Ze wordt gespeeld en gezongen tijdens de roda.

De muziekinstrumenten

Ziehier een beschrijving van de belangrijkste instrumenten in de capoeira.

De berimbau

origine waarvan ook overeenkomende variëteiten worden gebruikt in de Indische Oceaan. Vandaag is het vooral bekend als het belangrijkste muziekinstrument van de capoeira maar het wordt ook gebruikt in andere soorten Braziliaanse muziek. De berimbau werd al ten tijde van de slavenhandel door de Portugezen meegebracht. Er is immers bij de inheemse stammen geen spoor van muziekbogen terug te vinden. De berimbaus worden volgens de klank die ze produceren in drie types onderverdeeld:
De berra-boi of gunga heeft een lage klank.
De medio of gunga heeft een tussenliggende klank.
De violinha of viola heeft de meest scherpe klank.


De atabaque

Een atabaque of ilu is een percussie-instrument dat in verschillende muziekstijlen uit het Braziliaanse noordoosten gebruikt wordt, vooral in de candomblé en de capoeira. Dit instrument van Arabische of Afrikaanse origine was één van de eerste instrumenten die in de capoeira werden geïntegreerd. Het instrument is een lange, kegelvormige djembé, samengesteld uit stroken van exotische houtsoorten zoals jacaranda, ceder of acajou, aan elkaar vastgezet door cirkelvormig ijzer van verschillende diameters. Hij wordt gefabriceerd volgens een procédé gelijkend aan dat van een ton. Een ossenvel wordt over de bovenkant gespannen, vastgehecht met touwtjes.


De pandeiro

De pandeiro is een tamboerijn van fijn vel. Kleine cymbaaltjes hangen aan de zijkant van het instrument. Het ideale geluid wordt gecreëerd door een forse toon alsook door een drogere en heldere toon en dit door de cymbaaltjes. Een goede pandeiro reproduceert alle toonhoogten van de muzieksectie.


De agogô

De agogô of gongué is een muziekinstrument van Afrikaanse herkomst. Het is een slaginstrument dat bestaat uit één of meerdere houten of metalen klokjes (zonder klepel) die aan elkaar verbonden zijn. Ze worden door een stok aangeslagen.
Zijn naam komt van de term 'akokô' in het nagô (taal). Het betekent 'klok' of 'tijd': een instrument dat dient voor het aanduiden van het tempo. We vinden dit instrument in Brazilië en overal waar Afrikaanse slaven mee naartoe zijn genomen, terug.


DE GEZANGEN

Hieronder vindt u enkele gezangen ('corridos') die wij tijdens de roda zingen in onze groep. U kan er eveneens andere vinden op het internet. We vermelden vooral deze site en ook deze.


00:00 A maré 'tá cheia, ioió
01:48 Beira mar
03:26 Dona Maria como vai você
04:43 A palma de Bimba
05:37 Zum zum zum
06:37 Quem vem lá? Sou eu
07:14 O sim sim sim, o não não não
08:02 Lalaê lalaê lalaê lalalaêla
10:19 Jogo Vivo e, Jogo Vivo a (hymn van onze groep!)
 
00:00 Zum zum zum Cordão de ouro
01:33 Ai ai ai ai São Bento me chama
01:56 Ai ai ai ai doutor
02:30 Ai ai aidê
03:41 Que a manteiga derramou
05:09 Amanhã é dia santo
07:12 A maré 'tá cheia, ioió
08:22 Beira mar
10:24 Cajuê
11:04 Canarinho de Alemanha
12:16 Chora viola
12:50 Cobra verde é um bom sinal
13:21 Eu não vou remar contra a maré
 
00:00 Ó Mãe amanhã eu vou
01:17 Dona Maria comò vai você?
02:23 Na minha boiada me falta um boi
 
00:00 Tim, Tim, Tim, la vai viola
00:24 Oi sim sim sim, Oi não não não
00:51 Quem vem la? Sou eu
02:04 Oi sim sim sim, Oi não não não
02:31 Vou levando a vida de qualquer maneira
03:50 E Olinda e
05:27 Eu já vou beleza, Eu já vou me embora
05:50 Adeus, adeus, boa viagem
06:10 Jogo Vivo e, Jogo Vivo a (hymn van onze groep!)
 
A E I O U

A E I O U

U O I E A

A E I O U

Vem criança vem jogar


Eu aprendi a ler

Aprendi a cantar
E foi na capoeira

Que eu aprendi a jogar


A E I O U

U O I E A

A E I O U

Vem criança vem jogar


Eu estudo na escola
E treino na academia
Eu respeito a minha mãe

O meu pai e minha tia


A E I O U

U O I E A

A E I O U

Vem criança vem jogar


Sou criança sou pequeno
Mas um dia eu vou crescer

Vou treinando capoeira

Pra poder me defender


A E I O U

U O I E A

A E I O U

Vem criança vem jogar


Capoeira é harmonia
E amor no coração
Capoeira tem criança

O futuro da nação
 

A maré, a maré

A maré, a maré, me leva ao céu

A maré, a maré, me leva ao céu


A maré, a maré, me leva ao céu

A maré, a maré, me leva ao céu



A jángada me leva

Pra outro lugar
Eu não sei onde eu vou

Nas ondas do mar

A maré, a maré, me leva ao céu

A maré, a maré, me leva ao céu



O chicote me corta
Me faz chorar

Eu não quero mais issó

E vou-la pro mar


A maré, a maré, me leva ao céu

A maré, a maré, me leva ao céu

Eu vou me embora da terra

Eu vou pro mar

No navio negreiro 

Rezo a ienamjáh 


A maré, a maré, me leva ao céu

A maré, a maré, me leva ao céu

Eu pérdi a raçao
Meu sófrimento

Por que a escravidão

No tem fundamento


A maré, a maré, me leva ao céu

A maré, a maré, me leva ao céu

 
A mare ta cheia ioio

A maré 'tá cheia, ioió,
A maré 'tá cheia, iaiá!
A maré 'tá cheia, ioió,
A maré 'tá cheia, iaiá!

A maré subiu
Sobe maré,
A maré desceu
Desce maré,
Ô maré é de maré
Vou pra Ilha de Maré!
Ô maré é de maré
Vou pra Ilha de Maré!
Olhou o peixe pulou na maré!
Olhou o peixe pulou na maré!
Olhou o peixe pulou na maré!
Olhou o peixe pulou na maré!


Lá lauêlauêlauêlauê

Bem-te-vi vôou, vôou
Bem-te-vi vôou, vôou
Deixa voar
Lá lauê lauê lauê lauê
Lá lauê lauê lauê lauê

Que som o que arte é essa
de luta e brincadeira
Que roda maravilhosa é essa
é o (Jogo Vivo Capoeira)
Em cada som, em cada toque
em cada ginga, tem um estilo de jogo
Em cada som, em cada toque
em cada ginga, tem um estilo de jogo

Lauê lauê lá...
Lá lauê lauê lauê lauê
 
Marinheiro số

Eu não sou daqui
Marinheiro sô
Eu não tenho amor
Marinheiro sô
Eu sou da Bahia
Marinheiro sô
De São Salvador
Marinheiro sô
O marinheiro, marinheiro
Marinheiro sô
Quem te ensinou a nadà
Marinheiro sô
O foi o tombo do navio
Marinheiro sô
O foi o balanço do mar
Marinheiro sô
La vem, la vem
Marinheiro sô
Ele vem faceiro
Marinheiro sô
Todo de branco
Marinheiro sô
Com seu bonezinho
Marinheiro sô
Meu Orgulho

O meu orgulho é ver meu mestre jogar
Quando ele joga é aquela euforia
Ver tanta gente querendo chegar
Oh essa é a minha alegria
O meu orgulho é ver meu mestre jogar
Quando ele joga é aquela euforia
Ver tanta gente querendo chegar
Oh essa é a minha alegria
Não mexa com velho
Que ele é mandingueiro
Não desafia seu mestre
É falta de respeito
Quem não tem um segredo
Não pode ensinar
Tem que ser discípulo
Quem queira a mestre chegar
O meu orgulho é ver meu mestre jogar
Quando ele joga é aquela euforia
Ver tanta gente querendo chegar
Oh essa é a minha alegria
Irmão ou amigo
Um bom companheiro
Um pai sempre forte
Em todos os conceitos
Com nosso Pastinha
e mestre Bimba
fará sacrifícios
mãe viva capoeira
O meu orgulho é ver meu mestre jogar
Quando ele joga é aquela euforia
Ver tanta gente querendo chegar
Oh essa é a minha alegria
 

Pai e Mãe

Pai e pai, mãe e mãe
Eu sou xodo de papai, eu sou xodo de mamãe
Pai e pai, mãe e mãe
Eu sou xodo de papai, eu sou xodo de mamãe

 

Parabens pra você

Parabens pra você

Nessa data querida

Muitas félicidades

Muitos anos da vida

 
Paraná é

Vou dizer minha mulher, Paranà Capoeira me venceu, Paranà
Paranà ê, Paranà ê, Paranà
Ela quis bater pé firme, Paranà Isso não aconteceu, Paranà
Paranà ê, Paranà ê, Paranà
Oh Paranàuê, Paranà Paranàuê, Paranà
Paranà ê, Paranà ê, Paranà
Assim dera que o morro, Paranà Se mudou para a cidade, Paranà
Paranà ê, Paranà ê, Paranà
E'batuque todo dia, Paranà Mulata de qualidade, Paranà
Paranà ê, Paranà ê, Paranà
Vou mimbora pra Bahia, Paranà eu aqui não fico não, Paranà
Paranà ê, Paranà ê, Paranà
Se não for essa semana, Paranà E' a semana que vem, Paranà
Paranà ê, Paranà ê, Paranà
Dou no escondo a ponta, Paranà Ninguem sabe desatar, Paranà
Paranà ê, Paranà ê, Paranà
Eu sou braço de maré, Paranà Mas eu sou maré sem fim, Paranà
Paranà ê, Paranà ê, Paranà

Quando eu entrar, você entra

Quando eu entrar, você entra
era meu mano, era eu
Quando eu sair, você sai

era meu mano, era eu
Quando eu entrar, você entra

era meu mano, era eu
Quando eu sair, você sai

era meu mano, era eu

 

Sai Sai Catarina

Sai sai Catarina
Saia do mar venha ver Idalina
Sai sai Catarina
Saia do mar venha ver venha ver
Sai sai Catarina
Oh Catarina, meu amor
Sai sai Catarina
Saia do mar, saia do mar
Sai sai Catarina

 

Salome, Salomê

Capoeira é pra homen tambem pra mulher
Salomê, Salomê
Capoeira é do povo não é de ninguem

 

Sua coroa de ouro é o mariô

Sua coroa de ouro é o mariô

Sua coroa de ouro é o mariô

Mariô mariô
Sua coroa de ouro é o mariô

Sua coroa de ouro é o mariô

Em toda vez que me louvado
Eu nao deixo de louvar

Eu vou louvando pai ogum

Pra puder me ajuda

Mariô mariô
Sua coroa de ouro é o mariô

Sua coroa de ouro é o mariô


 
Vivo no ninho de cobra

Vivo no ninho de cobra,
sou cobra que cobra não morde
uma cobra conhece outra cobra,
não precisa dizer quem é cobra
Coro: Vivo no ninho de cobra,
sou cobra que cobra não morde
uma cobra conhece outra cobra,
não precisa dizer quem é cobra
 

Zum zum zum

Zum zum zum
Capoeira mata um
Coro: Zum zum zum
Capoeira mata um

Zum zum zum
Capoeira mata um
Coro: Zum zum zum
Capoeira mata um

Onde tem marimbondo?
Coro: É zum zum zum!
Onde tem marimbondo?
Coro: É zum zum zum!
O A O A E
Coro: Quero ver bater
Quero ver cair

O A O A E
Coro: Quero ver bater
Quero ver cair

O A O A E
Coro: Quero ver bater
Quero ver cair

O A O A E
Coro: Quero ver bater
Quero ver cair

Maculele Songs:
Boa Noite


O boa noite pra quem é de boa noite
O bom dia pra quem é de bom dia
A benção meu papai a benção
Maculêlê é o rei da valentia

Tindolelê auê Cauiza

Tindolelê auê Cauiza
Tindolelê é sangue real
Eu sou filho eu sou nego de Aruanda
Tindolelê auê Cauiza
E Cauiza, de onde e que veio
Eu vim de Angola ê
Maculelê, de onde e que veio
Eu vim de Angola ê
E o atabaque, de onde e que veio
Eu vim de Angola ê
Sarará, de onde e que veio
Eu vim de Angola ê
E o agogô, de onde e que veio